Imprimir

Seminário "Violência Doméstica em relações LGBT e homofobia"

A SEIES, no âmbito do projeto VAIVÉM Contra a Violência, tem o/a prazer de o/a convidar para o Seminário “VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NAS RELAÇÕES LGBT E HOMOFOBIA”, no dia 29 de Novembro de 2013, no Instituto Politécnico de Setúbal | Escola Superior de Ciências Empresariais – Auditório.

Junte-se a nós e venha participar neste espaço de reflexão e troca de ideias. A entrada é livre.

Agradecemos desde já a sua presença.

Imprimir

Questionando Preconceitos

Como é do vosso conhecimento, as campanhas cívicas lançadas, nomeadamente pela associação ILGA Portugal, resultaram em importantes alterações legislativas promotoras da igualdade de género para todos e todas, integrando legislação específica contra as discriminações em função da orientação escolar e identidade de género. O IV Plano Nacional para a Igualdade incorpora medidas de combate à discriminação com base na orientação sexual e na identidade de género, nomeadamente as medidas visando sensibilizar profissionais de áreas estratégicas para as questões da orientação sexual e identidade de género. 

É neste sentido que o Projeto PÚBLICO & PRIVADO, em parceria com a ILGA Portugal, irá desenvolver gratuitamente 2 ações de sensibilização subordinadas à temática LGBT.

Está interessado/a? Contacte-nos para mais informações.

Imprimir

PÚBLICO & PRIVADO

 

O projeto visa reforçar a integração da perspetiva de género em 3 pontos-chave da intervenção que a SEIES desenvolve, no concelho de Setúbal, a partir do Centro de Cidadania Ativa:

- Aprofundar a participação cívica de mulheres, adultas e jovens, que por motivo de desemprego, reforma ou sendo estudantes se sentem afastadas de qualquer intervenção valorizante e com visibilidade no espaço público e que manifestam essa vontade;

- Tornar mais ágil a sensibilização de pais e mães para a licença da coparentalidade, sendo agentes desta sensibilização profissionais de enfermagem em serviços estratégicos através da parceria com a Escola Superior de Saúde do IPS na promoção da IG; 

- Sensibilizar a população para não discriminação em função da orientação sexual e identidade de género a partir da disponibilização diversificada e inclusiva de livros à Biblioteca Pública (pólos), bibliotecas escolares, cafés, no programa “Livros Viajantes”.

Imprimir

PASSA PALAVRA


O Projeto “PASSA PALAVRA”, financiado pelo POPH-QREN e promovido pela SEIES em parceria com a Câmara Municipal de Palmela, visa impulsionar de forma integrada e articulada movimentos de mudança de paradigma cultural sobre a apropriação da significância social da violência intrafamiliar, com incidência na violência conjugal, associada ao paradigma de género. 

Tem como principais metas a produção e reprodução de materiais formativos e informativos dirigidos a públicos diferenciados, bem como a conceção de campanhas públicas de sensibilização sectorial.

 

 

Imprimir

Março Mulher 2017

“Educar para o Cuidar” é o tema deste 25.º programa da iniciativa Março Mulher (MM).

PROGRAMA Março Mulher 2017 - Download PDF

O Março Mulher 2017 associa-se à homenagem a Maria de Lourdes Pintasilgo que se vai realizar ao longo deste ano, nomeadamente pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), no âmbito do quadragésimo aniversário desta comissão.

Permanece a força e atualidade das suas ideias e pensamento político, sociológico, filosófico, o qual continua desconhecido de portuguesas e portugueses. Uma mulher de causas e pioneira em diferentes áreas da vida social e política, Maria de Lourdes Pintasilgo acreditava na capacidade de todas e todos para mudarmos o mundo, propondo uma nova atitude ética relacionada com a capacidade do cuidar (Para um Novo Paradigma: Um Mundo Assente no Cuidado, publicado em 2012, pela Fundação Cuidar o Futuro).

No mundo atual, em que homens e mulheres são especialmente interpelados sobre os caminhos de construção de futuro…

Em que se torna urgente uma nova cultura política, que atravessa uma crise de descrédito…

Em que é, mais do que nunca, fundamental a efetiva concretização do acesso à igualdade entre mulheres e homens… 

Em que urge promover uma democracia paritária e participativa…

… É fundamental a nossa participação na construção de uma atitude ética da capacidade de cuidar, entendendo o mundo como um lugar de partilha e de interdependências, onde os desafios que nos são colocados todos os dias devem ser olhados de forma global e sistémica.

Assente nesta ideia de solidariedade planetária, onde as mulheres desempenham um papel fundamental na reorganização dos laços sociais e na procura de novos modelos de gestão social, económica e política, o programa Março Mulher 2017 apresenta um conjunto de atividades que constituem um convite à partilha de ideias e reflexões, que busquem a concretização dos ideais, ainda atuais, de Maria de Lourdes Pintasilgo.

Atividades diversas que vão do teatro à literatura, passado por debates, exposições e festas comunitárias, celebra-se no Março Mulher 2017 o combate de mulheres e homens contra a violência doméstica e de género, pela construção de um mundo mais justo, igualitário e de cidadania ativa. 

O programa Março Mulher é promovido pela SEIES (Sociedade de Estudos e Intervenção em Engenharia Social) em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal. O Março Mulher só é (e foi) possível graças a centenas de pessoas voluntárias, de instituições, de empresas, que ao longo de 24 anos, generosamente, ofereceram o seu tempo, as suas ideias, e pelas suas mãos constroem connosco a GRANDE FESTA do concelho de SETÚBAL PELA IGUALDADE ENTRE HOMENS E MULHERES.